Bahia

Criadores de animais da Bahia serão beneficiados com doações de palhada da cana

Cada produtor é contemplado mensalmente com seis fardos de 400 quilos de palhada
Agrovale
Cerca de 36 mil pequenos produtores rurais dos municípios baianos de Casa Nova e Tucano, no norte do estado, serão beneficiados a partir do próximo domingo (2) com a doação de milhares de toneladas de palhada, resíduo da produção da cana-de-açúcar que serve como alimento para animais, como caprinos, ovinos e bovinos.

A doação será realizada pela usina Agrovale, que atua em Juazeiro na produção de açúcar e etanol. Esta semana foram assinados mais dez termos de parceria ambiental para ampliação dos municípios beneficiados pelo programa, iniciado em julho de 2018 e que já atendeu 15 mil criadores com a doação de 80 mil toneladas da palhada.

Os municípios baianos já beneficiados pela iniciativa são Campo Formoso, Senhor do Bonfim, Jaguarari, Itiúba, Sobradinho, Andorinha e, em Pernambuco, Petrolina. Todos eles vivem sob o decreto de situação de emergência por conta da forte estiagem prolongada. Cada produtor é contemplado mensalmente com seis fardos de 400 quilos de palhada.

O norte da Bahia, principal Estado no país criador de caprinos (cabras, bodes e cabritos) e ovinos (ovelhas, carneiros e borregos), é a região que concentra esse rebanho. A carne é praticamente toda consumida no país, mas o couro e a pele são exportados principalmente para República Dominicana, Itália, Hong Kong e China.

O secretário de Agricultura de Casa Nova, Pedro dos Santos Costa, disse que a parceria ocorre em momento oportuno, ao observar que a seca vem comprometendo a qualidade dos rebanhos do município.

Costa informou que convocará entre esta semana e a semana que vem os pequenos produtores já cadastrados e as associações da categoria para organização da ordem da entrega das doações.

"Este será um benefício para aproximadamente 28 mil pequenos produtores rurais. Temos o maior rebanho caprino do Brasil com 269 mil cabeças. A palhada da Agrovale com certeza também vai fazer a diferença na alimentação animal de Casa Nova", disse.

O presidente da Central das Associações Comunitárias de Tucano (CACTU), José Délcio Souza, informou que o município conta atualmente com 8 mil produtores da agricultura familiar e a CACTU reúne 25 associações comunitárias e 3 assentamentos de comunidades rurais.

"Vamos chegar, a partir de junho, com o volumoso suplementar que é uma alternativa ecológica e barata com grandes resultados para a nutrição do rebanho", comentou.

Segundo a Agrovale, o programa também atende entidades de ensino e de proteção ecológica, além das prefeituras. O diretor vice-presidente da empresa, Denisson Flores, disse que "o nosso projeto de responsabilidade social foca no desenvolvimento com sustentabilidade ambiental".

"Acreditamos, assim, estar contribuindo para o fomento da cadeia produtiva dos pequenos produtores rurais da nossa região", afirmou Denisson Flores.

Referência em agricultura irrigada e produtividade de cana por hectare no estado, a Agrovale tem capacidade instalada de produção fabril de 180 mil toneladas de açúcar e 115 milhões de litros de etanol.

Notícia adaptada pela Equipe Capril Virtual com informações Canal Rural (31/05/2019)


Gostou? Quer receber no seu celular as novidades sobre Ovinos e Caprinos? É gratuito:

WhatsApphttps://bit.ly/zapcapril
Telegramhttps://t.me/PortalCaprilVirtual